Colheita

A colheita de laranja é o processo no qual o fruto é separado da sua árvore de origem e transportado para outro local. Este trabalho é realizado quando a laranja atinge o período de amadurecimento adequado para a fabricação de determinado produto. O amadurecimento do fruto deve ser acompanhado ao longo da safra de forma a destiná-lo para o mercado (fruta in natura) ou para a indústria (fabricação de sucos concentrado ou integral).

De acordo com a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP), a laranja é composta pelos espécimes Pêra Rio, Natal, Valência, Hamlin, Bahia, Westin, Rubi, Folha Murcha, Seleta e Lima. Dentre essas variedades de laranjas, a Pêra Rio é a mais utilizada para consumo in natura e para a produção de sucos pois possui sabor mais adocicado e menos ácido.

Transporte

Existe uma complexa logística desde o colhimento da laranja até as fábricas. Após as frutas serem colhidas e depositadas nos bags, estes são içados por gruas e as frutas são despejadas em caminhões carregadores. Quando esses veículos atingem a carga desejada, transportam-na até os bins de colheita (local de armazenagem temporária de laranjas) onde são estocadas até uma segunda carreta realize seu carregamento e transporte para as fábricas.