A Citrosuco atua em projetos de diversas frentes, como educação, esporte e qualificação profissional, atendendo as comunidades em que possui operações.

Projeto Pescar

O Pescar é um programa socioprofissionalizante desenvolvido pela Citrosuco desde 2003 e tem como objetivo a inclusão social de jovens com idade entre 16 e 19 anos, em situação de risco social, por meio da educação/capacitação profissional. Desenvolvido em parceria com a Fundação Projeto Pescar, atualmente é realizado nos municípios paulistas de Iaras, Catanduva, Matão e Santos. Oferece iniciação profissional nas seguintes áreas: operações agroindústrias, processos industriais, serviços administrativos e logística. A área de formação é definida após estudo das necessidades locais ou regionais, visando à empregabilidade.

92 jovens são beneficiados por ano

Escola Complementar

Esse projeto destina-se ao desenvolvimento de atividades extras (no contra turma escolar) às crianças matriculadas na escola  rural da Fazenda Cambuhy Agrícola Ltda.

O objetivo é oferecer complementação escolar a alunos da rede municipal rural de ensino de Matão (SP), nas áreas pedagógicas, artísticas, entre outras. O envolvimento das famílias é o diferencial do projeto.

42 crianças da zona rural são beneficiadas por ano.

Projeto Bom de Bola, Bom na Escola

Com o objetivo de promover a inclusão social por meio da prática esportiva, incentiva e aprimora o desenvolvimento social, cultural e de cidadania de meninos de 10 a 16 anos na cidade de Matão (SP). Para frequentar é necessário estar matriculado na escola formal e apresentar bom rendimento escolar. As ações (esportivas e de cidadania) são realizadas no contra turno escolar.

110 meninos são beneficiados por ano.